Jardins de Infância na Semana da Leitura


As crianças dos Jardins de Infância de A-da-Gorda, Óbidos e Usseira participaram nas atividades de articulação promovidas pela Escola Josefa de Óbidos integradas na Semana da Leitura (5 a 9 de março).

As atividades tiveram início no auditório com a apresentação e o visionamento de um conto Russo, com o nome “kolobok” – bolo- . Esta atividade foi dinamizada pelo professor bibliotecário desta escola Luís Germano.

De seguida foram ao atelier gastronómico dinamizado pelo professor João Alpalhão, meter as mãos na massa. Misturaram, amassaram, moldaram, enfim, despertaram todos os sentidos na elaboração do referido kolobok.

Depois de um agradável almoço no refeitório foram até ao atelier criativo onde a atelierista Elizabete Rocha nos proporcionou a vivência de momentos de grande descoberta, euforia, experimentação, e essencialmente de contacto com o ingrediente básico do bolo- a farinha.

O Jardim de Óbidos inaugurou uma exposição sobre esta temática na Galeria Josefa de Óbidos, que pode ser vista até final do período.

Estas atividades estão inseridas no projeto do Departamento do Pré-escolar – Histórias do Mundo.

Todos os envolvidos estão de parabéns!!!

Semana da Leitura dinamiza Contos do Mundo – KoloboK, um conto Russo.


No âmbito da Semana da Leitura, a biblioteca escolar e o Departamento de Educação Pré-Escolar, em parceria com o Atelier Criativo Josefa de Óbidos e Atelier de Gastronomia, dinamizaram um conjunto de atividades tendo como público-alvo os Jardins de Infância. O tema “Contos do Mundo” e em particular o conto russo “KoloboK” estiveram na base das propostas apresentadas.

Operacionalização:
Sessão de cinema (“Kolobok”, animação, cor, 7m)
Culinária (um bolinho chamado kolobok)

Oficina experimental de arte e ciência (Ya, Kolobok)

Jardins abrangidos:
JI de Usseira, JI de a-da-Gorda e JI de Óbidos.
A atividade terá continuidade na Semana da Josefa.

Josefa de Óbidos participa na Khan Academy


Video Aqui

A Fundação PT convidou os professores que fazem parte deste Projeto-Piloto e convidou a professora Teresa de Jesus, Afonso Grais, aluno do 1ºC e os seus pais para darem o testemunho sobre a utilização da plataforma KA, no evento do dia 21 de fevereiro.
Foram ditas algumas considerações como:
“Assim em busca de pontos e avatares, centenas de alunos já estudam matemática jogando, recorrendo aos vídeos da plataforma da Khan Academy, num projeto-piloto apoiado pelo Ministério da Educação, que destaca o seu papel para o sucesso escolar.
Este projeto-piloto que levou para as salas de aula de cinco agrupamentos escolares da região oeste os vídeos da plataforma Khan Academy, que transformam aulas de matemática num jogo, em que exercícios corretos e matéria aprendida dão pontos, avatares e motivação para continuar a jogar.“

Encontramo-nos na era da Literacia Digital e este conhecimento é preponderante e de muita eficácia nos tempos atuais. Todavia a alfabetização digital requer mais do que operar a capacidade de usar o software ou operar um dispositivo digital, inclui uma grande variedade de habilidades complexas, como cognitivas, motoriais, sociológicas, emocionais e de formação pessoal que os usuários precisão ter, para usar de forma eficaz e discernir, como as utilizar. O Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos está sempre …“na linha da frente“ , relativamente a projetos Inovadores.

 

O que é a Plataforma da KHAN ACADEMY?

Esta Plataforma e´ Educacional e gratuita de muita qualidade para todos, em qualquer lugar. Esse é o sonho de muitos professores, educadores, políticos e tantos outros pensadores que acreditam na Educação como a base da sociedade.

Salman Khan, americano de 40 anos com diplomas do MIT e em Harvard, é um deles. E para tornar esse sonho realidade, ele aposta na última grande invenção do homem que revolucionou o nosso modo de viver: a internet. Por meio de vídeoaula, com conteúdos variados de Matemática, alunos, crianças, jovens e adultos do mundo inteiro, podem ter acesso à plataforma Khan Academy. Além do material didático, o site oferece uma série de exercícios que ajudam a fixar o conteúdo, e um sistema que mapeia o desempenho do aluno em todo o processo de aprendizagem.
Com essa metodologia, Khan e os Formadores acreditam ser possível revolucionar o sistema de ensino atual, considerado por ele extremamente antiquado para a sociedade em que vivemos.

“Será que o modelo clássico da sala de aula – aulas expositivas na escola, lição de casa solitária à noite – ainda fazem sentido numa era digital?”, questiona Khan no seu livro recém-lançado no Brasil, “Um mundo, uma escola – A educaçãoo reinventada”. Para ele, a concentração dos alunos esvai-se nas longas exposições em sala de aula, e ao fazer a maioria dos exercícios de fixação em casa, o aluno não interage com o professor ou com os colegas. A ideia, portanto, é fazer uma troca: os alunos assistem às vídeo-aulas em casa e fazem os exercícios em sala.

O método tem sido aplicado em escolas do mundo todo, recebendo críticas positivas e apoios financeiros importantes, como o da Bill & Melinda Gates Foundation (o criador da Microsoft, Bill Gates, é um fã incondicional de Salman).

Em 2013 a Fundação Portugal Telecom (FPT) juntou-se a este “sonho”, estabelecendo uma parceria com a Khan Academy, de forma a traduzir e adaptar para a realidade portuguesa os conteúdos da plataforma americana Khan Academy (KA). Em 2017, o sonho tornou-se realidade, tendo sido lançada no dia 2 de fevereiro a plataforma da Khan Academy em português.

No ano letivo de 2016/18, a FPT, a DGE (Direção-Geral de Educação) e a EDUCOM, juntaram-se para tornar possível o Projeto Piloto Khan Academy, que decorre em 5 Agrupamentos de escolas da Zona Oeste, envolvendo 30 professores e 850 alunos. Algumas turmas do Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos fazem parte deste Projeto Piloto e o 1ºC está super motivado pois este é CAMINHO…

Teresa de Jesus – docente 1.º Ciclo

Testemunho dos pais

Em nosso entender o jogo sempre foi, e continua a ser, uma das melhores formas de estimular e envolver a Criança em processos de aprendizagem e uma ferramenta que deverá ser considerada como indispensávelvel no vasto leque de recursos disponíveis para professores e educadores.
Através do jogo tudo se torna mais informal, aliciante, estimulante e divertido. No fundo a Criança aprende sem se aperceber que está a aprender.

A evolução tecnológica não é um fenómeno de hoje nem de há duas ou três décadas atrás, ela acompanha o Ser Humano desde os seus primórdios, é natural e irreversível, uma vez que no passado, no presente e no futuro, este sempre procurou, procura e procurará formas de ultrapassar dificuldades, de remover obstáculos, de colmatar as suas limitações, de melhorar a sua condição e prosperar. A sua inteligência, adaptabilidade e curiosidade têm sido o que lhe tem permitido sobreviver e evoluir. Assim continuará a ser no futuro.

A digitalização é uma realidade incontornável e irreversível, com tudo o que nos possa trazer de bom ou de menos bom. Afinal não é assim com tudo na vida? O que importa então, é proporcionar à Criança o acesso aos recursos ensinando-a a retirar deles o melhor partido possível, de forma útil, positiva, ao seu ritmo, com incentivos e, sempre que possível, divertida.

Para nós, enquanto pais, é isto a Khan Academy.

Pais do Afonso Grais :
Mónica Sofia Cabaceira Cirne Grais
Luis Filipe dos Santos Almeida Pereira

Testemuno do aluno

Ir a Lisboa e falar da KAN foi muito bom , pois fui com o pai e a mãe.
Eu gostei muito daquele senhor de fato e barba, (Ministro da Educação).Ele fez-me rir. Eu gosto muito de matemática por causa de jogar no tablet.
Fazer jogos naquele computador foi fixe . Falar com as jornalistas foi diferente.
Afonso Almeida Cirne Grais

 

Semana da Leitura


semanaleitura

A Semana da Leitura pretende “festejar a leitura como ato comunicativo, diálogo entre as artes, espaço de encontro, criativo e colaborativo”.
No nosso agrupamento decorre entre 5 e 13 de março e envolve diversas atividade de carater multidisciplinar e cooperativo.

Torneio Escolar de Atletismo- MEGAS


No passado dia 15 de Fevereiro de 2018, realizou-se no Estádio Municipal de Óbidos, o Torneio Escolar de Atletismo- MEGAS. Fizeram parte deste torneio três provas: Mega Sprinter (40m planos), Mega Salto (salto em comprimento) e Mega Lançamento (lançamento do peso).
Participaram neste Torneio Escolar um total de 51 alunos no Mega Sprinter, 30 alunos no Mega Lançamento e 44 alunos no Mega Salto.
Os primeiros classificados de cada escalão/ prova, estão apurados para o Torneio Regional- MEGAS que se irá realizar no próximo dia 9 de Março em Mafra no qual irão representar o Agrupamento.
Esta atividade foi organizada pelos professores de Educação Física, com a colaboração dos alunos das turmas do 10º e 11º ano do Curso Profissional de Apoio à Gestão Desportiva que desempenharam de forma exemplar todas as tarefas inerentes à organização de uma prova deste tipo.

Inês Valadas e Luana Saavedra, 10º PGD

Torneios Escolares de Gira-volei


No passado dia 16 de Fevereiro de 2018, realizaram-se os torneios escolares do projeto Gira-volei, no Pavilhão Municipal de Óbidos e Pavilhão dos Arcos, onde contamos com a participação total de 112 alunos do 3.º ao 12.º ano do Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos.

Esta atividade foi organizada pelos professores de Educação Física, com a colaboração dos alunos das turmas do 10.º e 11.º anos do Curso Profissional de Apoio à Gestão Desportiva. Destaca-se o empenho demonstrado pelos alunos deste curso profissional, determinante para o sucesso dos torneios.

Os alunos participantes mostraram sempre grande entusiasmo e espírito competitivo, evidenciando a sua evolução ao nível da modalidade de voleibol.

As duas equipas primeiro classificadas de cada escalão vão representar o Agrupamento na fase regional do projecto Gira-volei, no mês de maio.

Pedro Costa e Guilherme Santos 11ºPGD

Orçamento Participativo das Escolas 2018


LOGO_COR-03

A Escola Básica e Secundária Josefa de Óbidos irá associar-se às comemorações do Dia do Estudante (24 de março) encontrando-se inscrita no programa “Orçamento Participativo das Escolas 2018”. Como tal, decorreu no dia 31 de janeiro, quarta-feira, no auditório desta escola, pelas 10h uma sessão de divulgação e esclarecimento.

Despacho-nº-436-A-2017.pdf

Ficha de Candidatura.docx

Guião Alunos.pdf

Orçamento participativo das Escolas.pdf

 

 

 

 

 

 

 

 

Profissional de gestão desportiva visitou as instalações das piscinas municipais.


A turma do 10ºano do profissional de gestão desportiva, no dia 2 de fevereiro visitou as instalações das piscinas municipais no âmbito da disciplina de DDAF3. O professor Bruno Tomás, diretor técnico das piscinas, recebeu-nos e fez a vista guiada respondendo a todas as questões feitas pelos alunos. Os alunos gostaram e acharam a visita muito interessante, pois puderam ver “in loco” a matéria dada em sala de aula. Os alunos, bem como a professora Vera Martins, agradecem ao professor Bruno Tomás pela disponibilidade demonstrada.

Josefa de Óbidos participou no Corta-mato regional em Torres Vedras


No dia 24 de janeiro o Agrupamento de escola Josefa de Óbidos participou no Corta-mato regional em Torres Vedras, levando 46 alunos. Estes atletas representaram muito bem o agrupamento tendo obtido um 3º lugar no escalão de infantis A e no escalão dos alunos com necessidades educativas especiais, todos os alunos vieram medalhados. É importante salientar que todos os alunos realizaram sua prova, dando o seu melhor, por isso vieram satisfeitos com a sua prestação. Um agradecimento especial aos alunos das turmas do profissional de desporto (10ºe 11ºanos) que colaboram com os professores de educação física no acompanhamento dos atletas.

Visita ao Centro Aeroespacial do Instituto Superior Técnico


 

No âmbito do Projeto ARISS, em parceria com o StemLab, projeto selecionado para desenvolvimento pela Fundação Ilídio Pinho, os alunos fizeram uma visita ao Centro Aeroespacial do Instituto Superior Técnico em Oeiras. Durante toda a tarde, os alunos tiveram a oportunidade de fazer uma “ caça à raposa” e puderam ver o Nanosat, novo satélite português, que será lançado em breve. O objetivo é motivar os alunos a interessarem-se pelas áreas da ciência, tecnologia e matemática. O Município de Óbidos, o Parque Tecnológico e a empresa Gadget Priority associam-se a este projeto, promovendo a articulação entre empresas e educação.