Projeto


Modelo Integrado de Promoção do Sucesso Escolar

O  MIPSE é um projeto que pretende criar mais oportunidades de aprendizagem para todos. O projeto foi implementado, numa primeira fase (ano letivo 2015/2016), no 1º Ciclo e nos 5º, 6.º anos do Complexo dos Arcos e nos 7º anos de escolaridade da Escola Josefa de Óbidos. No ano letivo 2016/2017 foi alargado a todo o 2.º ciclo de todos os Complexos e ao 8.º ano da Escola Josefa de Óbidos. Durante este ano letivo, abrange todo o ensino básico.

20170712_CMO_5101
20170712_CMO_5117
erasmus2

O que são Equipas Educativas?

As Equipas Educativas são um modelo de organização pedagógica assente na alteração de algumas das regras do modelo escolar tradicional (todos os alunos a aprender sempre no mesmo espaço, no mesmo tempo, com o mesmo professor e, tendencialmente, da mesma forma), equacionando formas diferenciadas e, portanto, mais eficazes, de organizar a escola para o sucesso escolar.

Como se implementa este modelo?

Para a operacionalização deste modelo foram constituídas equipas de docentes (equipas educativas) que são corresponsáveis, em alguns tempos do horário semanal dos alunos (tempos de Gestão Autónoma do Currículo_GAC), pelas aprendizagens globais de um grupo alargado de um mesmo ano de escolaridade ou de anos de escolaridade sequenciais.

O que se faz nos tempos de GAC?

Cada equipa educativa tem um coordenador que faz a gestão global da equipa em estreita ligação com os demais docentes. Nos momentos semanais de GAC, os alunos são redistribuídos em grupos de dimensão e configuração variáveis, trabalhando de forma diferenciada e em áreas também diferenciadas, de acordo com as necessidades periodicamente diagnosticadas pela equipa educativa.

Que suporte científico e pedagógico tem este modelo?

A implementação das Equipas Educativas tem sido acompanhada de um programa de capacitação organizacional que lhe assegura suporte científico e pedagógico, aumentando as probabilidades de sucesso do mesmo. Este programa de capacitação organizacional, a cargo da Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa, passa pela implementação de uma série de atividades ancoradas nas seguintes dimensões: i. formação de docentes; ii. acompanhamento científico e pedagógico da implementação; iii. monitorização e avaliação iv. produção e disseminação de conhecimento ancorado nas práticas.

O que dizem os alunos?

Destacam-se como pontos mais positivos: i. o facto de os grupos de alunos estarem organizados, nos tempos de GAC, em função das suas dificuldades de aprendizagem; ii. o reconhecimento de que há uma maior adequação às necessidades dos alunos; iii. a perceção de os tempos de GAC serem “aulas diferentes”, com atividades mais práticas, grupos mais pequenos e mais atenção por parte dos docentes, sendo mais fácil aprender porque o ensino é mais personalizado.

Para onde queremos ir?

Queremos mais trabalho colaborativo entre docentes e entre alunos, mais integração curricular, mais avaliação formativa, mais autoria e menos prescrições. Queremos uma escola onde todos aprendam.