Maratona de Cartas


Nos dias 11 e 12 de dezembro, decorreu na Biblioteca da Escola Josefa de Óbidos a “Maratona de Cartas”. Esta atividade visou envolver a Comunidade Escolar na já tradicional campanha da Amnistia Internacional em defesa dos Direitos Humanos. Tendo em conta a contínua violação dos direitos fundamentais dos cidadãos nos mais diversos países, esta campanha que, pelo menos desde 2010, aquela organização internacional leva a cabo, procura reforçar a acção e o envolvimento de cidadãos em todo o mundo. Para a Amnistia Internacional, «defender os direitos humanos é hoje um acto de coragem». A vela acesa da denúncia diante das trevas da violência e da injustiça não se pode extinguir.

Colaborar nesta campanha foi um pequeno alento para avivar a chama a que alunos e restantes membros da comunidade escolar se quiseram associar, num acto de consciência e assomo de esperança. A consciência de um dever ético em defesa da humanidade em cada homem, a que se não pode virar as costas, e a esperança de contribuir para a construção de um mundo melhor no qual a hipocrisia, a violência, a injustiça e o desespero, possam vir a ser definitivamente erradicados.

O projeto da Área Disciplinar de Filosofia, com a prestimosa colaboração da Biblioteca da Josefa, visava envolver o maior número possível de pessoas. A boa surpresa revelou-se no modo massivo como esta atividade foi acolhida e no entusiasmo que os subscritores colocaram na sua participação. Foram escritas cerca de 500 cartas, distribuídas pelos 5 casos que a A.I. elegeu como prioritários. Em conjunto com outras, escritas em outras escolas e por participantes em todo o país, serão conduzidas ao seu destino. Todos nós mantemos a esperança de que o ato possa salvar vidas e tornar melhor o mundo em que vivemos.

À Comunidade Escolar da Josefa é devido um gesto de admiração pelo acolhimento, envolvimento e participação, os quais revelam um apurado sentido cívico. No fundo, a escola existe para tornar o mundo melhor. Muito obrigado!

Delegado da Área disciplinar de Filosofia