1º Encontro Up – Oeste, Põe-te a Mexer! 700 alunos de Educação Moral e Religiosa Católica de Óbidos da Região Oeste Complexo dos Arcos – Óbidos


Com a linda representação de cerca de 30 crianças do 1º Ciclo do nosso Complexo escolar dos Arcos, foram mais de 700 os alunos de Educação Moral e Religiosa Católica (do 1º ciclo ao 12ºano) que se reuniram, no passado dia 12 de novembro, na primeira edição do «UP – Oeste, Põe-te a mexer!», uma iniciativa dos professores de EMRC de várias escolas da região Oeste do Patriarcado de Lisboa.

A Festa aconteceu no Pavilhão Desportivo do Complexo Escolar dos Arcos, após o desfile das escolas presentes abrilhantado pelo toque inconfundível dos “Arrufeiros do Agrupamento de Escolas de Atouguia da Baleia. Docentes e alunos realizaram durante a manhã “atividades diversas” com destaque para “um peddy-papper” nas imediações do Complexo Escolar dos Arcos e, a partir das 14h., um Festival Jovem com várias “apresentações de alunos” das muitas escolas presentes”.

A iniciativa, que desde o primeiro momento assumiu um cunho solidário, contou com a contribuição voluntária de alimentos por parte dos participantes para ajuda à Instituição “Guias de São Lourenço – Paróquias de Óbidos”.

Segundo a organização, em nota de imprensa, o «UP – Oeste, Põe-te a mexer!» teve como objetivo “revitalizar e unir os agrupamentos escolares desta região” numa iniciativa que “espera já pela segunda edição no próximo ano escolar em Peniche”.

Um agradecimento muito especial, em nome do grupo disciplinar de Educação Moral e Religiosa Católica do Agrupamento de Escolas de Josefa de Óbidos (anfitrião do I Encontro), à Direção do Agrupamento, à senhora Coordenadora do Complexo Escolar dos Arcos, aos assistentes operacionais do mesmo e ao Município de Óbidos pelo apoio dado de forma inexcedível à realização deste grande evento no contexto do nosso Agrupamento de Escolas.

 

Prof. José Manuel Nascimento

Delegado Grupo EMRC

moral 2 moral

Lançamento do livro “Cartas de Lá e Cá”


Na passada segunda-feira, dia 18 de novembro, a Escola Básica de Óbidos recebeu a mentora do projeto Drª Rosara Maneira vinda do Brasil para o lançamento do livro ”Cartas de Lá e de Cá” no âmbito do intercâmbio entre a nossa escola e as escolas de Conceição de Mato Dentro no Estado de Minas Gerais no Brasil.

O referido projeto teve início no ano letivo 2018/2019 com o convite do Senhor Paulo Alexandre Santos, escritor e encarregado de Educação.

Foi um enorme desafio para todos os envolvidos a partilha de culturas através da troca de cartas bem como o retomar de uma realidade atualmente em desuso devido às novas tecnologias.

Como produto deste projeto resulta o lançamento do livro “Cartas de Lá e de Cá” em Portugal com a presença da representante do Brasil na pessoa da Drª Rosara Maneira, o Sr. Paulo Santos, o Sr. Diretor do Agrupamento professor José Santos, a professora Irene Carrilho, membro da direção, a professora Ana Raquel Henriques, Coordenadora da EB de Óbidos e os professores e alunos envolvidos. Foi um momento marcante para todos.

Agradecemos a todos

A direção do Agrupamento de Escolas Josefa de ´Obidos

“Vernissage” “Bring Nature to Design”


No passado dia 12 de novembro, ao início da noite, pais e restante comunidade escolar do Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos foram convidados a assistir, na escola sede, ao evento “Vernissage – Bring Nature to Design”, uma mostra de projetos, com a curadoria dos alunos do 12.º ano, do Curso Científico-Humanísticos de Artes Visuais.

O acolhimento aos convidados foi realizado no auditório da escola, onde foram apresentados os projetos “Herbário Artístico” e “Design de Moda” e os seus criadores.

Posteriormente, em itinerância, os presentes foram convidados a observar as exposições patentes em diferentes espaços da escola. No Ateliê Josefa, foi apresentada a escultura “Herbário Artístico” e todo o processo criativo inerente à sua execução. No espaço da Galeria Josefa, os convidados puderam conhecer o processo criativo do projeto “Design de Moda”, nomeadamente o processo de criação dos figurinos de papel para apresentação no desfile de moda. Num momento final, com ambiente de passerelle, os alunos desfilaram, apresentando os figurinos que criaram em papel, na zona do bar da escola.

Esta mostra foi desenvolvida no âmbito de um trabalho de articulação curricular entre a disciplina de Desenho A, ministrada pela professora Maria José Chaves, e o Ateliê Josefa, da responsabilidade da técnica Elisabeth Rocha. Os dois projetos, constantes no Plano Anual de Atividades do agrupamento, foram iniciados no ano letivo transato e concluídos no presente período letivo.

O processo criativo foi desenvolvido em diferentes fases: investigação, conceção, planificação, projetação e experimentação.

A escultura intitulada “Herbário Artístico” é composta por 14 layers / camadas de vidro com aplicação de técnicas mistas, de pintura em vidro e colagem de elementos orgânicos. A sua criação teve como referências artísticas as obras do artista Dustin Yellin, a pintura “A Noite Estrelada”, de Vincent Van Gogh, e o autorretrato do pintor.  As bases de suporte estrutural da escultura foram executadas pelo Centro Logístico da secção de Carpintaria do Município de Óbidos.

O projeto “Design de Moda” consistiu na criação de figurinos de papel, para apresentação num desfile de moda. Os alunos fizeram explorações plásticas bidimensionais de aguarela sobre papel, realizaram um estudo da figura humana com base nos cânones estilistas e criaram croquis com proposta cromática e teste de cor. Numa fase posterior, criaram figurinos em protótipos, como representação tridimensional do trabalho desenvolvido na fase anterior, com aplicação de técnicas de corte, colagem e modelagem de papel.

Associaram-se ao projeto o professor bibliotecário, Luís Germano, no âmbito do Projeto Ler Óbidos, Movimento 14-20 a Ler, integrado no Plano Nacional Leitura 2020, e a professora da disciplina de Português, Fernanda Gouveia. Esta parceria assentou na rubrica “Calçamos sapatos, mas vestimos poemas!”, a partir da qual, e usando o conceito wearables, com aplicação de códigos QR (código de resposta rápida), cada aluno escolheu um poeta e um poema que remetem para a conceção inicial do croqui do figurino.

Durante o evento, foi servido um Welcome Drink pelos alunos dos Cursos de Educação e Formação e do Curso Profissional de Restauração, sob orientação dos professores João Alpalhão e Jorge Claro. Os convidados tiveram, então, oportunidade de degustar cocktails sem álcool, vinhos da região, vários tipos de queijos, patés, salgadinhos e uma seleção de bolos e biscoitos confecionados pelos alunos no Ateliê de Gastronomia. Os alunos efetuaram ainda um serviço de confeção ao vivo, nomeadamente chouriço assado, muito apreciado pelos convidados.

O desempenho dos alunos encantou os convidados presentes no evento, sendo o seu talento, empenho e dedicação motivo de orgulho para a comunidade escolar. Uma noite artística que decerto contribuiu para o desenvolvimento de competências e valências fundamentais para o futuro académico, profissional e pessoal destes jovens.

 

 

Professora Maria José Chaves

Técnica Elisabeth Rocha

Mais fotografias aqui

Magusto com poesia – Perpetuando a tradição


Os alunos do 7.º e do 8.º anos da escola comemoram o Dia de S. Martinho com a apresentação de “castanhas poéticas”. A exposição, patente no átrio da entrada da escola, poderá ser visitada até ao fim do mês de novembro.

Os alunos escreveram quadras relacionadas com a temática do São Martinho, transcreveram-nas para cartolinas, papelão ou outro material e decoraram-nas, de forma artística, com elementos alusivos à época e à tradição popular. Os trabalhos, originais, resultam da combinação do texto e da imagem, numa perspetiva de valorização do sentido estético e das tradições culturais.

A atividade foi realizada na disciplina de Português, no âmbito das comemorações do Dia de São Martinho.

Destacou-se o empenho e o gosto pela divulgação da cultura portuguesa. Um exemplo do exercício da cidadania participativa.

Jovens e crianças partilham histórias Kamishibai no FOLIO


Os alunos da Escola E. B. 2, 3/ S Josefa de Óbidos, criadores das histórias kamishibai e vencedores da 1.ª edição do Concurso Kamishibai Plurilingue na Categoria C (10-15 anos), foram contadores de histórias para as crianças do Pré-Escolar, na passada quinta-feira, dia 17 de outubro.

Integrada na programação do FOLIO Educa, a atividade foi dinamizada por três alunos do 10.º ano, do Curso de Ciências e Tecnologias, que apresentaram duas histórias às crianças dos jardins de infância do Agrupamento. Muitos atentos e curiosos, os meninos dos jardins de infância do Vau, da Gracieira, de A-dos-Negros e de Óbidos ouviram a História dos Quatro Pintores e As Aventuras de Steve, narrativas em que estão presentes diferentes personagens que conhecem diferentes técnicas artísticas, falam diferentes línguas e percorrem diferentes espaços.

Foram realizadas três sessões: duas na biblioteca escolar da Escola E.B. 2,3/ S Josefa de Óbidos e no ateliê criativo da Josefa, onde as crianças tiveram ainda oportunidade de interpretar as histórias através do desenho, e uma na Biblioteca Municipal de Óbidos, seguida de uma visita à exposição de ilustração PIM!, na Galeria Nova Ogiva.

Outono… reflexões! Alunos de Educação Moral e Religiosa Católica do Agrupamento olham em redor e… refletem em tempo de Outono


O Outono é uma daquelas estações do ano em que toda a envolvência natural nos convida a certo(s) silêncio(s) a partir de uma nostalgia a que o cair das folhas castanhas das árvores nos convida! Ora foi precisamente essa mesma experiência, que os alunos do 1º e 2º ciclos da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica do Agrupamento, vivenciaram de uma forma muito especial nas duas primeiras semanas de Outubro. Primeiramente com uma aula de campo em redor dos nossos Complexos Escolares (Arcos; Alvito e Furadouro) e na qual o convite era precisamente olhar em redor, refletir e perceber que valores humanos e cristãos estavam subjacentes à paisagem outonal, os nossos alunos chegaram rapidamente à conclusão que valores como o da Paz eram os que melhor traduziam esse mesmo desafio. Numa segunda fase foi “meter mãos à obra” e traduzir para o papel o que se sentiu “lá fora”. Como que por um toque de mágica e sobretudo de entusiasmo nasceu a exposição “Outono… reflexões!” patente ao público nos corredores do 1º e 2º ciclos dos nossos Complexos. Só resta mesma desejar que este Outono seja efetivamente “tempo de Paz” para todos!

Prof. José Manuel Nascimento

Outono

“Pão por Deus” – recriar… tradição! Alunos de Educação Moral e Religiosa Católica do Complexo Escolar do Furadouro


O calendário não deixa margem para dúvidas, 1 de Novembro carrega em si, uma mística muito peculiar que lhe confere o título de “Todos os Santos”. O calendário cristão – católico, desde as origens do cristianismo, sempre consagrou uma data para uma evocação especial da santidade como proposta de vida. Fixada essa data em 1 de Novembro, depressa várias tradições se associaram a essa mesma efeméride. Porém foi sobretudo a partir do trágico acontecimento de 1755 – o grande terramoto de Lisboa – que a solidariedade e a atenção aos mais desprotegidos pela sorte começaram a ecoar fundo nos corações, sendo a origem natural de uma tradição de pedir de porta em porta o pão “por amor de Deus”. Sobretudo as crianças deram corpo a esse propósito de minorar as dificuldades das próprias e de seus familiares, expostas como ficaram a tremendas dificuldades e marcas funestas que o terramoto deixou na sociedade de então. Séculos passados, a tradição mantêm-se com milhares de crianças sulcando as portas de vivendas e prédios, das aldeias mais recônditas às grandes cidades, pedindo nesta manhã outonal de 1 de Novembro o “Pão por Deus”. Foi com esse espírito de Recriar… Tradição! que os alunos do segundo ciclo da aula de Educação Moral e Religiosa Católica do Complexo Escolar do Furadouro no passado dia 31 de Outubro, elaboraram um pequeno e simbólico “saquinho de Pão por Deus” acompanhado de quadras tradicionais portuguesas alusivas à data para levarem às suas famílias. Porque a Escola existe para, no presente, preparar o futuro, lembrando o passado através das suas tradições tão genuínas.

Prof. José Manuel Nascimento

 Pao por deus

Finalistas do TIKA – Khan Academy


Os alunos Pedro Capinha do 3º D do Agrupamento Escolas Josefa de Óbidos, João Félix e a Francisca Santos, do 2.º e 3.º ciclo do Agrupamento Escolas do Cadaval e do Agrupamento Escolas Fernão do Pó finalistas do Torneio Interturmas do Oeste do Projeto Khan Academy, estiveram, em direto, no estúdio da Rádio Miúdos, com o Francisco, com os professores envolvidos no Torneio e com os responsáveis por este projeto-piloto da Khan Academy em Portugal.