Um dia muito lindo! Alunos de Educação Moral e Religiosa Católica de Óbidos regressam à “Casa Mãe do Gradil” – Mafra


“Um dia muito lindo!” – foi com esta afirmação tão sugestiva que os alunos, docentes e assistente operacional se foram despedindo no final da passada sexta feira dia 26 de Abril, após uma jornada solidária que os levou pelos domínios reais de Mafra rumo à Instituição de Solidariedade Social conhecida há décadas como a carinhosa “Casa Mãe do Gradil”. A iniciativa, organizada sob a égide do Plano Anual de Atividades da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica do Agrupamento de Escolas de Josefa de Óbidos, contou com a participação de cerca de 40 alunos do segundo ciclo do ensino básico (Complexos Escolares de Arcos, Alvito e Furadouro) acompanhados dos docentes Célia Nascimento, Fábio Catarino, José Nascimento e da assistente operacional Helena Juiz.

O dia começou com uma visita cultural a uma demonstração de aves inerentes à Real Tapada de Mafra e que, no histórico cenário do claustro do Convento e Palácio Nacional de Mafra, deliciou todos os participantes. Um dia que se prolongou no convívio do almoço partilhado e na descoberta extasiante de cada recanto da aldeia típica do mestre José Franco, a aldeia do Sobreiro ali mesmo á “sombra” da imponência do Palácio Nacional.

Mas o momento grande e verdadeiramente solidário do dia, veio a ser vivido a partir das 14h:30m na “Casa Mãe do Gradil” – Instituição de apoio residencial a crianças, adolescentes e jovens do sexo feminino cujos percursos de vida familiar, pelos mais variados condicionalismos e contingências, levaram a uma situação de institucionalização. Nas palavras do docente, José Manuel Nascimento, docente de E.M.R.C. e organizador da visita “voltar ao Gradil, como o fazemos neste Agrupamento de Escolas há vinte anos, faz-nos sentir muito felizes!” aludindo a uma relação solidária que une a nossa comunidade escolar ao Gradil.

A visita foi orientada pela direcção da Instituição, possibilitando aos participantes um conhecimento das dinâmicas de uma “Casa” cuja missão é possibilitar o amor a quem a vida na maior parte dos casos foi extremamente adversa.

Todos saíram do Gradil com o coração cheio de uma vontade enorme de fazer mais por esta “Casa” cujo lema é abrir novos horizontes de vida a gente que, só pelos seus rostos… “fica na história, na história da gente!”

Professor José Manuel Nascimento